O que é comorbidade? Entenda por que algumas doenças agravam a Covid-19

02 de dezembro de 2021
195

A pandemia de Covid-19 trouxe consigo a atenção redobrada nos cuidados com a saúde, que ajudam na prevenção e controle da doença. Dos considerados mais simples, atenção para a higiene pessoal, como lavar as mãos, e o uso de máscara em espaços públicos, recomendados a todas as pessoas.

Quando nenhum desses funciona e há contaminação, alguns grupos considerados de risco podem sofrer mais com o agravamento da doença por condições preexistentes associadas a doenças. 

Termo recorrente nos noticiários, nas falas de especialistas e autoridades das áreas da saúde, a comorbidade já é comprovada como um dos fatores de risco para pacientes com coronavírus. Entenda mais nos próximos tópicos.

O que é comorbidade?

Por definição, as comorbidades ocorrem quando há associação entre duas ou mais doenças, ao mesmo tempo, em um paciente. No caso do coronavírus, doenças preexistentes como diabetes, hipertensão, asma e tuberculose estão entre as principais que podem afetar e agravar o estado de saúde de pacientes, levando à internação ou mesmo à UTI.

Diante dos sintomas conhecidos mais graves da Covid-19, como falta de ar e febre persistente, o mais indicado é buscar atendimento médico. E é neste momento que alguns pacientes têm descoberto a existência de comorbidades, segundo especialistas. O maior risco está justamente aí.  A evolução da doença costuma ser mais grave nas pessoas sem diagnóstico prévio.

A combinação de diagnóstico precoce, acompanhamento médico e tratamento adequado para essas doenças consideradas comorbidades na Covid-19, é a maneira mais viável para controlá-las. Consultas de rotina e o check up médico anual, por exemplo, são extremamente importantes para que o paciente tenha conhecimentos e alternativas.

Comorbidades e grupo de risco

Pacientes com comorbidades são considerados grupo de risco da doença causada pelo Coronavírus, assim como idosos, fumantes e aqueles que são considerados imunodeprimidos, como os que estão em tratamento do câncer com quimioterapia ou que passaram por transplante de medula óssea.

Quando tratadas corretamente, as doenças consideradas comorbidades ao Coronavírus tem seus riscos reduzidos, como é o caso de ex pacientes oncológicos sem evidências de câncer ou de pessoas com HIV com carga viral indetectável.

A prevenção, até o momento, portanto, é a maneira mais viável para proteção de pacientes com comorbidades, tanto no tratamento das condições preexistentes quanto para a Covid-19.

Prevenção nos grupos de risco

Até que a imunização seja uma realidade através da vacina e o acesso pela população, prevenir a contaminação pelo novo coronavírus é a única maneira de manter pacientes do grupo de risco em segurança.

O vírus pode ser passado através de toque, por aperto de mão, em gotículas de saliva, por espirros, tosse, catarro, e ainda por objetos ou superfícies contaminadas com secreções de pacientes contaminados, sintomáticos ou não. 

O isolamento social e a higienização constante das mãos e superfícies são as principais recomendações feitas por autoridades de saúde para prevenção de doenças. Pacientes em tratamentos de comorbidades devem ter atenção redobrada e continuar seguindo as orientações médicas. 

Outra aliada indispensável para todas as pessoas é a a proteção facial com o uso de máscara. Saiba como utilizá-las corretamente.

My New Stories

plano de saúde
agendamento de consulta online
Atendimento médico
relação entre médicos e pacientes
Vantagens para sua clínica
como definir valor de consulta
fidelizar pacientes
médico endocrinologista
Emagrecer com saúde
Síndrome Metabólica
problemas do sedentarismo
aplicativo médico
ferramentas de gestão de clínicas
agendamento de consulta online
Prontuário eletrônico
marketing médico
como atrair e fidelizar mais pacientes
organização para agenda de pacientes
montar um consultório médico
Gestão financeira para clínica e consultório médico
Cirurgia do Aparelho Digestivo
tipos de psicoterapia
Ecocardiograma
Endocrinologia e metabologia
Cirurgia da Mão
homeopatia e acupuntura
urologista
hepatites virais
nutrólogo e nutricionista
Otorrinolaringologista
gripe e resfriado
quando procurar um mastologista
procurar médico especialista
quando marcar pediatra
O que o dermatologista faz
Quando procurar um cardiologista
O que é angiologia
Nefrologia
Médico Alergologista
consulta com psiquiatra
o que é neurocirurgia
Ginecologia e Obstetrícia
procurar médico ginecologista
O que oftalmologista faz