Conheça os problemas do sedentarismo na saúde

18 de setembro de 2021
problemas do sedentarismo0

Qualidade de vida é um tema que, cada vez mais, tem feito parte da vida do brasileiro. Seja no ambiente de trabalho ou familiar, conforto, saúde e bem estar são pautas em foco.

Contudo, a rotina intensa com inúmeros atividades e compromissos, faz com que tenhamos a impressão de que falta tempo e sobram preocupações. 

Um dos principais pontos relacionados à melhora da qualidade de vida está ligado aos cuidados com o corpo e a mente. Exercícios físicos, dieta equilibrada e atividades de lazer contribuem para prevenir doenças e evitar uma vida sedentária.

Continue lendo este artigo e descubra quais são as consequências do sedentarismo e como evitá-lo.

O que é sedentarismo

Quase metade dos brasileiros adultos (47%) é sedentária, segundo estudo publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Estamos à frente dos Estados Unidos (40%) com relação à falta de prática de atividades físicas com regularidade.

Caracterizado pela insuficiência de exercícios e atividades físicas que possibilitem uma vida saudável e condicionamento adequado, o sedentarismo é um dos males do século XXI. A ingestão de calorias sem o gasto necessário de 2.200 kcal em média, por semana, é um dos fatores que também influencia para que uma pessoa seja considerada sedentária.

Uma dieta rica em gorduras e carboidratos aliada a uma rotina onde a praticidade de locomoção acaba levando ao comodismo, como o uso frequente do carro, computador, elevador e escadas rolantes, pode aumentar as chances de desenvolver problemas de saúde e até mesmo doenças causadas pelo sedentarismo. A seguir, listamos alguns dos principais.

Problemas causados pelo sedentarismo

O corpo, como um todo, sofre com os efeitos da falta de movimentação frequente, a começar pela perda da flexibilidade e elasticidade muscular e problemas nas articulações. 

Índices de colesterol, triglicérides e da pressão arterial também são afetados, desenvolvendo maior probabilidade de casos de hipertensão, doenças cardiovasculares, infarto e acidente vascular cerebral (AVC), e também distúrbios hormonais e do sono.

O acúmulo de gordura no corpo leva ao aumento do peso e pode causar a obesidade, inclusive em crianças que também tem a saúde afetada desde a infância pelos efeitos do sedentarismo.

Por esse motivo, é necessário que pessoas de todas as idades mantenham uma rotina ativa de movimentação do corpo, o que só traz benefícios para a saúde e bem estar. No começo, alterar os hábitos pode demandar um pouco mais de esforço, mas os resultados são impressionantes. No próximo tópico, temos algumas dicas que podem te ajudar.

Como evitar o sedentarismo

Em média, é recomendado que se pratique ao menos 150 minutos (algo em torno de 3 horas e meia) de atividades físicas todas semanas. Você pode iniciar suas atividades de forma moderada, como uma caminhada de 30 minutos em ritmo constante.

Esportes ao ar livre ou em academias são apenas algumas opções para quem deseja reduzir os riscos que uma vida sedentária pode representar ao longo dos anos. Incentivar membros da família e amigos é uma forma de demonstrar cuidados e conseguir apoio (e companhia) para essas atividades.

Acima dos 30 anos, vale a pena realizar uma avaliação médica e receber orientação de profissionais, já que em alguns casos a dificuldade para perda de peso pode estar associada a outros problemas como a síndrome metabólica. Entenda mais sobre o assunto.

Deixe um comentário

My New Stories

plano de saúde
agendamento de consulta online
Atendimento médico
relação entre médicos e pacientes
Vantagens para sua clínica
como definir valor de consulta
fidelizar pacientes
médico endocrinologista
Emagrecer com saúde
Síndrome Metabólica
problemas do sedentarismo
aplicativo médico
ferramentas de gestão de clínicas
agendamento de consulta online
Prontuário eletrônico
marketing médico
como atrair e fidelizar mais pacientes
organização para agenda de pacientes
montar um consultório médico
Gestão financeira para clínica e consultório médico
Cirurgia do Aparelho Digestivo
tipos de psicoterapia
Ecocardiograma
Endocrinologia e metabologia
Cirurgia da Mão
homeopatia e acupuntura
urologista
hepatites virais
nutrólogo e nutricionista
Otorrinolaringologista
gripe e resfriado
quando procurar um mastologista
procurar médico especialista
quando marcar pediatra
O que o dermatologista faz
Quando procurar um cardiologista
O que é angiologia
Nefrologia
Médico Alergologista
consulta com psiquiatra
o que é neurocirurgia
Ginecologia e Obstetrícia
procurar médico ginecologista
O que oftalmologista faz