Ginecologia e Obstetrícia: conheça as subespecialidades

18 de setembro de 2021
Ginecologia e Obstetrícia0

É comum surgirem dúvidas sobre a saúde da mulher, principalmente com relação à realização de exames e tratamentos à cada tipo de sintoma ou faixa de idade, por exemplo. Ao médico ginecologista, cabem esses cuidados.

Segundo a pesquisa da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), oito em cada 10 mulheres citam a especialidade como a mais importante para sua saúde, e 90% delas declararam ir com frequência ao ginecologista (metade pelo menos uma vez ao ano). As subespecialidades da ginecologia e obstetrícia são responsáveis por diagnosticar e encaminhar as pacientes de acordo com as especificidades de cada caso.  

Reconhecendo a importância desse profissional, no artigo de hoje explicamos as principais diferenças e do que cuidar com cada uma dessas especialidades. Veja só!

Ginecologista e obstetra: qual a diferença?

Ginecologia e obstetrícia fazem parte da mesma especialidade médica, tanto clínica quanto cirúrgica. Ambas são responsáveis por diagnósticos, tratamentos e prevenção de doenças ligadas ao aparelho reprodutivo feminino e das mamas.

A diferença entre os dois é que, enquanto a ginecologia cuida da saúde feminina como um todo, a obstetrícia é responsável pelo acompanhamento das questões relacionadas à reprodução humana, desde a concepção até o pós parto.

E quais são as subespecialidades?

Existem subespecialidades de atuação de médicos ginecologistas dentro da área da saúde da mulher. Para cada tipo de sintoma, diagnóstico e tratamento, é interessante saber qual deles consultar. Confira, a seguir, algumas dessas especialidades.

• Dor pélvica: responsável por avaliar os sintomas e histórico para identificar o causador da dor na região pélvica, que pode se tornar crônica. Além do sistema reprodutivo feminino, outros órgãos da pelve são investigados.

• Climatério: o médico é responsável pela avaliação de sintomas, diagnóstico e   tratamentos de doenças decorrentes ao período do climatério e menopausa.

• Endocrinologia Ginecológica: responsável pelas investigações da produção de hormônios e funcionamento de glândulas da mulher e suas patologias.

• Ginecologia Infantopuberal: essa subespecialidade da ginecologia é voltada para o atendimento de crianças e adolescentes, a partir dos 2 anos de idade.

• Videohisteroscopia e Videolaparoscopia Ginecológica: responsável pela investigação de todos os aspectos que envolvem o útero da mulher, como tumores e a fertilização in vitro, por exemplo.

• Infecção Genital: auxilia no diagnóstico e tratamento de infecções vaginais, vulvites, doenças do colo do útero, ISTs e outras doenças infecciosas das genitais femininas.

• Mastologia: o mastologista é responsável pela verificação de doenças da mama, sejam elas benignas ou malignas. Avalia presença de tumores e cistos, realiza exames diagnósticos e faz o acompanhamento do câncer de mama.

• Medicina Fetal: voltada para a saúde das gestantes e seus bebês. Acompanha o período gestacional através de exames como a ultrassonografia, fazendo também o rastreamento de doenças genéticas.

• Oncologia Clínica e Cirúrgica: esta subespecialidade recente da ginecologia, sendo estabelecida pela Resolução CFM  2.162/2017 tem como foco o tratamento de tumores relacionados às genitais da mulher.

• Patologia do Trato Genital Inferior: o ginecologista especialista em doenças do trato genital inferior trata de doenças como o HPV e o câncer de colo uterino, e realiza diagnósticos através de exames como o Papanicolau e a Colposcopia.

• Planejamento Familiar: subespecialidade que orienta homens e mulheres sobre a chegada dos filhos e a prevenir a gravidez indesejada. O ginecologista especialista nesta área é responsável por questões de concepção e contracepção.

• Reprodução Humana: são ginecologistas especialistas na área de reprodução assistida (RA) com fertilização in vitro e inseminação intrauterina e auxiliam casais com problemas de infertilidade.

• Uroginecologia e Cirurgia Vaginal:  os uroginecologistas tratam de todas as questões relacionadas ao sistema urinário feminino. Tratam de doenças como a incontinência urinária, cistite e prolapso genital, por exemplo. Além disso, pode realizar cirurgias íntimas femininas.

A saúde da mulher é um tema cada vez mais recorrente na sociedade e ainda é cercada de muitos tabus. Procurar um médico ginecologista é fundamental, não apenas quando surge algum problema de saúde, mas periodicamente para a realização de exames de rotina.

Precisa consultar um Ginecologista ou Obstetra? Consulte os profissionais disponíveis para agendamentos no DrApp.

Deixe um comentário

My New Stories

plano de saúde
agendamento de consulta online
Atendimento médico
relação entre médicos e pacientes
Vantagens para sua clínica
como definir valor de consulta
fidelizar pacientes
médico endocrinologista
Emagrecer com saúde
Síndrome Metabólica
problemas do sedentarismo
aplicativo médico
ferramentas de gestão de clínicas
agendamento de consulta online
Prontuário eletrônico
marketing médico
como atrair e fidelizar mais pacientes
organização para agenda de pacientes
montar um consultório médico
Gestão financeira para clínica e consultório médico
Cirurgia do Aparelho Digestivo
tipos de psicoterapia
Ecocardiograma
Endocrinologia e metabologia
Cirurgia da Mão
homeopatia e acupuntura
urologista
hepatites virais
nutrólogo e nutricionista
Otorrinolaringologista
gripe e resfriado
quando procurar um mastologista
procurar médico especialista
quando marcar pediatra
O que o dermatologista faz
Quando procurar um cardiologista
O que é angiologia
Nefrologia
Médico Alergologista
consulta com psiquiatra
o que é neurocirurgia
Ginecologia e Obstetrícia
procurar médico ginecologista
O que oftalmologista faz